a banalidade da diferença

sexta-feira, janeiro 16, 2009

quem inventou isto???

Quem será que inventou o que é coisas gay e coisas não gay, deixa me baralhado sem saber onde me encaixar (felizmente).

Ora vejamos:

- Chegar aos 30 anos sem barriga é gay (eu pareço que estou grávido)
- Carros, velocidade, emoções forte nada gay (adoro isso tudo)
- Decoração de interiores é MUITO gay (ontem passei horas em sites de decoração de interiores)
- Bricolage nada gay (eu ando armado em carpinteiro cá em casa, e a pensar numas pinturas...)
- Passar horas na cozinha a fazer pratos com nome francês extremamente gay (e eu uso um avental arco íris)
- Empanturrar se de cerveja num petisco muito pouco gay (e eu adoro fazê-lo)
- Ter um gato com animal de estimação, muito gay (eu detesto, melhor, abomino gatos)
- Arco íris, muito gay (tenho um avental de cozinha, relógio de parede, costumava usar uma pulseira com essas cores, enfim, no coments)
...

(nota se que não sao coisas que eu ache gay, mas que na maioria em portugal acham)

Não é muito mais simples deixar a orientação sexual para os afectos e deixar o resto para opções (sim aqui são opções) pessoais de cada um?

4 Comments:

Blogger Patty said...

Não poderia estar mais de acordo!!

2:16 da tarde  
Anonymous Irmao gémeo malefico irlandes com bigode said...

Pratos com nome frances, la tas tu com essas marikices!

Por acaso ja tou com saudades é do "le" esparguete á bolanhesa que fazias...

10:33 da manhã  
Blogger Normal, mas nem tanto... said...

Muito bom!!! Concordo com você!


Abraço! =)

11:29 da tarde  
Blogger Normal, mas nem tanto... said...

Não sei de onde eles tiram o que é e o que não é gay. Rs

=)

11:39 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home